CONHEÇA A MARCA.

TEM MEBER BEM PERTO DE VOCÊ.
SAIBA ONDE ENCONTRAR.

Fita de LED, um coringa para realçar a iluminação de casa

Não são apenas peças de enfeite e objetos como sofás, tapetes e cortinas, entre outros, que fazem parte da decoração de uma casa. A iluminação é um item que, com o passar dos anos, vem ganhando cada vez mais atenção dos moradores – muito em face à popularização da fita de LED.

6

Com uma iluminação mais eficiente e econômica, a fita ou a mangueira de LED tem se tornado um coringa dentro das residências, atendendo a todos tipos de gosto e uso. E essa é sua grande vantagem, além de não emitir calor e ter alta durabilidade.

5

Não importa se atrás do espelho do banheiro, na sanca de gesso da sala de estar, no canteiro do jardim ou para destacar algum objeto decorativo, o certo é que esse tipo de iluminação tem facilitado às famílias que querem dar tanto um toque de aconchego ao lar quanto produzir um ar mais ousado. Mas é preciso prestar atenção em alguns fatores na hora de se decidir pela fita de LED.

2

Diferentemente das lâmpadas, as fitas necessitam de um driver (12 volts), que transformam energia alternada em contínua, para as luzes se acenderem – por isso, é importante pensar um local para acomodá-lo de forma que não apareça.

1

As fitas geralmente exibem uma numeração de referência – 3528, 5050 e 5630 são as mais comuns –, que fazem alusão ao tamanho do LED – em uma fita 5050, por exemplo, significa que suas luzes têm 5mm x 5mm. Vendidas em diversas metragens (2,5m, 5m, 20m), as fitas também são comercializadas por muitas casas elétricas de acordo com a necessidade do cliente – que ainda pode cortar em casa, seguindo a orientação contida na própria fita do ponto de corte. Quanto às cores, o mercado trabalha com o branco – em duas tonalidades, o frio, mais puxado para a luz de fluorescente, e o quente, que lembra a cor das lâmpadas incandescentes –, o amarelo (âmbar) e o RGB, que traz vermelho, verde e azul e, em alguns casos, com muitas possibilidades de uso de tonalidades.

8

Como é um equipamento com diferentes formas de uso, é preciso atentar caso você esteja pensando iluminar uma piscina, por exemplo – é preciso comunicar o vendedor para qual uso se destina, a fim de você adquirir a fita correta. As fitas recebem uma camada protetiva em silicone – mais resistentes e indicadas para uso externo – ou epóxi. Observados esses aspectos, é só curtir a nova iluminação de sua casa!