CONHEÇA A MARCA.

TEM MEBER BEM PERTO DE VOCÊ.
SAIBA ONDE ENCONTRAR.

Ladrilhos dão um toque retrô e alegre às casas

A valorização do trabalho manual em vez da produção de larga escala tem ganhado cada vez mais a atenção dos novos consumidores – uma onda que atinge a confecção de produtos de toda ordem, de têxteis a artefatos da construção civil. Na decoração de ambientes, muitos moradores têm feito uso de uma antiga peça que compôs diversos assoalhos de templos religiosos e de cozinhas e banheiros de casas da região serrana gaúcha, o ladrilho hidráulico.

1

Feitas peça por peça, essas placas de cimento levam mais de um mês para terem seu ciclo encerrado até a venda final. Por isso, é um artefato mais caro do que seus similares – as placas de cerâmica –, além de serem cada vez mais raros os artesãos que dominam a técnica de seu feitio.

3

Os ladrilhos voltaram para as casas, tornando-se importantes elementos decorativos em cozinhas, banheiros, sacadas e até mesmo em salas de estar em virtude da onda retrô na decoração. Multifuncional, ele pode tanto ocupar uma parede inteira como apenas uma determinada faixa dela, funcionando como um vigoroso detalhe estético. Um dos poucos casos em que não é aconselhado o uso de ladrilhos é em garagens, devido ao sobrepeso. Em áreas úmidas, é importante impermeabilizá-lo logo após a instalação para que não manche. Para mantê-lo bonito, é aconselhável aplicar cera incolor a fim de manterem vistosas suas cores a cada mês.

6

Com inúmeros desenhos e combinações de cores, os ladrilhos podem ser colocados de forma a combinar as peças, com um único padrão de estampa, ou de uma maneira a criar um patchowork – o que traz muita vida ao ambiente. Ao optar pelo ladrilho, é importante perceber que ele é mais espesso do que lajotas ou porcelanatos e, por serem artesanais, carregam pequenas diferenças entre uma e outra – nada que um bom azulejista não resolva na hora de assentá-los.

2